Terça, 11 de Maio de 2021
86994186882
Política Dois chopps

Ciro Nogueira tomou cerveja com dinheiro público e pediu ao Senado para ressarcir

Senador já gastou R$ 86 mil em combustível para voar em jatinho nos três primeiros meses do ano. Valor é reembolsado integralmente

29/04/2021 09h04 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O senador Ciro Nogueira (PP), chamado nos bastidores de Brasília de “sócio-majoritário” do governo Bolsonaro, torrou, somente nos três primeiros meses de 2021, R$ 86.061,56 da cota parlamentar para abastecer aeronaves.

O valor foi calculado por O Antagonista, com base nas notas fiscais apresentadas para ressarcimento do Senado Federal pelo senador piauiense, que preside nacionalmente o seu partido. O chamado “cotão” é dinheiro público a que os congressistas têm direito para gastar com quase tudo o que você conseguir imaginar.

Em janeiro, Ciro usou R$ 20.161,12 da cota para “combustível para aeronave”. Em fevereiro, o gasto para esse fim saltou para R$ 35.841,35 e, no mês passado, foi para mais R$ 30.059,09, a fim de que o senador pudesse voar pelo Piauí com dinheiro público.

Além disso, Ciro somou R$ 13.440 de ressarcimentos para aluguel de carros no mesmo período. O senador, como noticiamos, confirmou nesta semana que será candidato ao governo do Piauí em 2022. Ele já está em campanha.

Não é de hoje que Ciro Nogueira é um dos campeões em gastos com a cota parlamentar.

Existem algumas regras para o ressarcimento dessas despesas, mas o Senado não consegue fiscalizar, por exemplo, a relação dos gastos com o exercício da atividade parlamentar. Desse modo, a farra do “cotão” continua garantida.

Nós enchemos o tanque dos jatinhos usados por Ciro e também bancamos suas refeições em bons restaurantes. Em 2 de janeiro deste ano, um sábado, Ciro Nogueira pagou R$ 153 para almoçar strogonoff em um restaurante de São Paulo. O Senado ressarciu a conta.

Naquele mês, o primeiro do ano, quando o Congresso estava de recesso, portanto, o senador ainda receberia de volta valores referentes a um tambaqui com farofa (R$ 153), filé de robalo (R$ 89), risotto (R$ 95), salmão grelhado (R$ 99,90), bife ancho (R$ 134), carpaccio (R$ 122,70) e uma entrada de queijo brie (R$ 49). Em uma das notas fiscais apresentadas, constam dois chopps, mas o Senado não paga bebidas alcoólicas e o valor de R$ 23 foi descontado na hora do ressarcimento. Ufa, ainda bem.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Teresina - PI
Atualizado às 13h08 - Fonte: Climatempo
30°
Nuvens esparsas

Mín. 23° Máx. 32°

33° Sensação
19 km/h Vento
59% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (12/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 33°

Sol com algumas nuvens
Quinta (13/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 34°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio